sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Patada Que Não Agride

Me sinto como um viajante do tempo, indo e voltando, misturando material aqui postado. Porque eu pretendia debater sobre álbuns que ganhei, achei ou comprei em sequência. E este texto era pra ser sobre uma trilha sonora de filme, mas...
Pra não dizerem que só falo de intérpretes estrangeiros, só de reggae, o assunto é sobre uma banda de rock 100% gaúcha.

A formação: Daniel Mossmann e Gabriel Guedes (ambos na guitarra e baixo), mais Gustavo Telles (bateria). Nenhum deles canta.
Onde e quando iniciaram atividades: Porto Alegre-RS, em 2002.

O 1° álbum: saiu em 2004, levando o nome do grupo. (Valeu Wikipédia-BR! XD)

Agora, chega de detalhes técnicos! Vamos aos títulos:
1-Soltaram, 2-O Dia Em Que a Casa Caiu, 3-Funkadelic, 4-Não Fique Triste, 5-Angelita, 6-Cidade Invisível, 7-Sooopraaa!, 8-Daniela, 9-Não Esqueça o Remédio, 10- Bolero, 11-Gato Que Late, 12-Tudo Vai Ficar Bem, 13-Isso É O Que Eu Sinto Por Você, 14-Dor de Siso (esta é faixa, nada mais tem do que 9min10s!), 15-Pata de Elefante (um caso raro, talvez pra alguns, de que a faixa-título não inicia o álbum).

Pra curtir na praia, no carro, em qualquer lugar.

Gravadora: Monstro Discos

4 comentários:

  1. Não os conheço meu galo, mas esse nome "patada que não agride" não deixa de ser interessante...hehehehe, mais uma vez, um belo post, Parabéns! abraço!

    ResponderExcluir
  2. Não, não... É só Pata de Elefante, mesmo. XD

    ResponderExcluir
  3. Ninguém os conhece. Só o Andy curte essas nabas...

    ResponderExcluir
  4. Jerônimo, procure escutar os caras e vais ver que são o que de melhor aconteceu no Rock Nacional e Gaúcho na última década, cheia de garotinhos com calça colorida. Rock'n'roll de verdade de quem sabe compor melodia sem perder a vibração distorcida do rock. parabéns ao AndF pela referência!

    ResponderExcluir