sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Estavam de Passagem? Na,Na, Não!

Vou falar sobre uma banda que (a meu ver), quanto mais ouve-se, mais fã fica.
Chama-se Depeche Mode, (Despacho da Moda, em francês). Também traduzido mundo afora como Moda Rápida, Passageira, Defasada...
Ei! Nada de espanto! Embora esse nome bizarro tenha saído de uma revista francesa, não se trata de um grupo de estilistas, nem de protestantes modistas. O pessoal veio mesmo, da Inglaterra, fazendo um som eletrônico mesclado com rock, somado a letras divertidas, críticas, reflexivas e sombrias (com os altos e baixos de qualquer banda), desde 1980. E velho é o teu passado (pra quem pensou bobagem)! Eheheh!!
Os integrantes? Dave Gahan (vocalista), Martin L. Gore (compositor, vocalista, guitarrista e tecladista) e Andrew Fletcher (baixista e tecladista).
Sem esquecer de outros que também passaram pelo DM: Vince Clarke (tecladista entre 1980 e 81), que depois foi pro Yazoo e Erasure, além do baterista/tecladista Alan Wilder (de 1982 a 1995).

Hora de listar os álbuns, a partir da capa acima deste texto, na ordem de aquisição e audição. Prontos? "Vamo que vamo!"
1- Never Let Me Down/ 2- The Things You Said/ 3- Strangelove/ 4- Sacred/ 5- Little 15/ 7- Behing The Wheel/ 7- I Want You Now/ 8- To Have And To Hold/ 9- Nothing/ 10- Pimpf, com a faixa instrumental oculta Interlude#1- Mission Impossible

O restante das faixas está contido só na versão CD (a qual, eu tenho):
11- Agent Orange/ 12- Never Let Me Down (Aggro Mix)/ 13- To Have and To Hold (Spanish Taster)/ 15- Pleasure, Little Treasure (Mix)

Gravadora(s): Mute/Sire, WEA (1987)

1- The World In My Eyes/ 2- Sweetest Perfecition/ 3- Personal Jesus/ 4- Halo/ 5- Waiting For The Night/ 6- Enjoy The Silence, com o epílogo Crucified - Interlude #2/ 7- Policy of Truth/ 8- Interlude #3 - Blue Dress/ 9- Clean

Gravadora(s): Mute/Sire, BMG Ariola (1990)


Faixas: 1- Dreaming of Me/ 2- New Life/ 3- Just Can´t Get Enough/ 4- See You/ 5- The Meaning of Love (faixa que não tem no LP)/ 6- Leave In Silence/ 7- Get The Balance Right/ 8- Everything Counts/ 9- Love, In Itself/ 10- People Are People/ 11- Master and Servant/ 12- Blasfemous Rumors/ 13- Somebody (também, fora do LP)/ 14- Shake The Desease/ 15- It´s Called Heart

Sobre estas músicas: Da a , foram tiradas do disco (Speak And Spell, 1981) e com um detalhe: a 1° faixa é um bônus da versão em CD. Da até a , de A Broken Frame (1982). A e a saíram de Construction Time Again (1983), que não incluiu a , posteriormente lançada nesta coletânea. Da 10° até a 13°, de Some Great Reward (1984). A 14° e a 15° foram faixas novas, lançadas diretamente esta compilação.

Gravadora(s): Mute/Sire, WEA/EMI (1985)

Disco 1: 1- Stripped/ 2- A Question of Lust/ 3- A Question of Time/ 4- Strangelove/ 5- Never Let Me Down/ 6- Behing The Wheel/ 7- Personal Jesus/ 8- Enjoy The Silence/ 9- Policy of Truth/ 10- World In My Eyes

Sobre as músicas: Da até a, saíram do álbum Black Celebration (1986). A até a, são de Music For The Masses.até a 10°, de Violator (1990).
Observação: as faixas 4 até a 10, estão numa versão regravada e/ou "compacta", diferente de como saíram nos álbuns de origem. Seriam versões pro rádio? 

Disco 2:
1- I Feel You/ 2- Walking In My Shoes/ 3- Condemnation/ 4- In Your Room/ 5- Barrel of A Gun/ 6- It´s No Good/ 7- Home/ 8- Useless/ 9- Only When I Lose Myself/ 10- Little 15/ 11- Everything Counts- Live

Sobre as músicas: A até a , são de Songs of Faith and Devotion (1993). Da a , originalmente saíram do problemático Ultra (1997). A é uma faixa exclusiva da coletânea. A 10° é de Music For The Masses (1987) e a última é de 101 (álbum derivado de um filme sobre a turnê homônima, de 1989).

Gravadora(s): Mute/Reprise, Roadrunner/Warner Music, EMI (1998). Ou seja, antes de Exciter (2001).

1- A Pain That I´m Used To/ 2- John The Revelator/ 3- Suffer Well/ 4- The Sinner In Me/ 5- Precious/ 6- Macro (ou Macrovision)/ 7- I Want It All/ 8- Nothing´s Impossible/ 9- Introspectre (Instrumental)/ 10- Damaged People/ 11-Lilian/ 12- The Darkest Star/ 13- Sem Título (Hein?)/ 14- Precious (Remix)

Sobre algumas destas músicas: A faixa tem um clipe assustador (lógico que não está no CD, pô!), envolvendo colagens digitais, a ausência física dos integrantes e o (ex-)presidente George W. Bush. A fez parte de um episódio de Smallville.

Gravadora(s): Mute, Sire/Reprise, EMI (2005)

1- In Chains/ 2- Hole To Feed/ 3- Wrong/ 4- Fragile Tension/ 5- Little Soul/ 6- In Sympathy/ 7- Peace/ 8- Come Back/ 9- Spacewalker/ 10- Perfect/ 11- Miles Away - The Truth Is/ 12- Jezebel/ 13- Corrupt - Wrong (Reprise)

Sobre este álbum: Já mostrei a capa e comentei sobre sua turnê, além de ter mostrado uma ilustração que fiz da banda e um link pro assombroso videoclipe (se ainda estiver no ar...) da faixa. Olha só... Forneci uma dica de videoclipe "embutida"! Confiram a seguir:
http://visaoandf.blogspot.com/2009/06/depeche-mode.html

Gravadora(s): Mute, Capitol, Virgin, EMI (2009)

Fontes de pesquisa para informações adicionais:
Wikipédia (EUA, Brasil)

É... Foi trabalhosa (ah, para!) e estafante esta mega postagem. Haverão outras, enquanto eu ainda respirar.

3 comentários:

  1. Violator é um clássico. Neste disco todas as influencias que o Kraftwerk exerceu na música pop da década são exploradas, de modo definitivo. E o mais interessante, exploradas em arranjos sobre canções praticamente... De blues. Se ouvirmos varias faixas, elas Sao blues e ate country. Martin L.Gore, durante a tour do Music for The Masses(tour esta registrada no ótimo filme-álbum ao vivo 101) aparece entrando com o amigo Andrew Fletcher em uma loja de discos na cidade de Nashville. La ele compra várias fitas k7 de blue e country, de Willie Nelson à Jonnhy Cash... E anos depois, ao escutarmos Personal Jesus, é impressionante a genialidade como esta cultura sonora foi emulada e transformada em algo novo e único por ele e pelo trabalho primoroso de Alan Wilser e o produtor inglês Flood em estudio.

    Eu poderia falar o tanto que falei aqui nestas linhas sobre cada um dos álbuns que listaste ... Mas só quiz comentar rapidamente, e dizer, como fã do trabalho deles, que seu post foi bem legal!

    Até.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Andy. ARROTA Sonora está cada vez melhor. Bwahahahaha...

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, bacana o post! Estou aprendendo muito contigo Andf! Confesso que não conheço muito sobre a maioria das bandas que tu já postou, mas nunca é tarde pra conhecer e aprender!

    ResponderExcluir