quinta-feira, 18 de junho de 2015

MTV Brasil 1990+2013- Parte 4, Desenhos Animados Ocidentais e Animes (Outros Tipos de Animação, Inclusive)

É verdade. A emissora já exibiu desenhos, tanto de fora quanto as produzidas em nosso país. A maioria era voltada tanto pra maiores de 14 anos, quanto adultos e exibida a noite.
Já assisti a boa parte deles.
Mas o 1º listado, nunca tinha visto nela: Speed Racer.
O famoso anime baseado no mangá Maha Go Go Go (Mach Go Go Go) que foi lançado em 1967, passou entre 1994 e 95. Soube através de um primo e pela revista Herói Gold. E assim como os desenhos que não eram do Brasil, exibiam com legendas.
Só conhecia por fotos, trechos em reportagens e só pude ver (dublado) no Record.

Beavis and Butt-Head (1996 a 2000 e 2012)

Happy Tree Friends (2006 a 2008)
Foi criada e lançada diretamente pela internet.
Não se enganem pelo visual inocente dos bichos! Os personagens vivem situações absurdamente violentas e sangrentas, onde às vezes, nem todos acabam vivos num mesmo episódio.
Pode-se achar a série em DVD.


Megaliga MTV de VJ's Paladinos ou apenas, Megaliga (2003 a 2007)
Totalmente produzido pela MTV Brasil e seu departamento de animação (Drogaria de Desenhos Animados), mostrava os VJ's da época formando um grupo de super-heróis com poderes peculiares.
Criado pelo desenhista Marco Pavão, teve seus primeiros 11 episódios (com 5 minutos) lançados no Gordo a Go-Go (disso, eu não sabia!), que serviam como pilotos e mostravam as origens dos integrantes. Pude ver pelo Youtube. Os demais tiveram duração de 21 a 23 minutos, com 3 temporadas, linha de cadernos e um gibi lançado pela revista da MTV.

Fudêncio e Seus Amigos (2005 a 2012)
Pavão e a equipe da Drogaria também criaram esta série inspirada num boneco escroto criado por João Gordo.
O personagem-título que só fala através de "Mimimis", vivia desventuras bizarras com outras crianças e adultos nada normais. Não era um dos meus favoritos, embora assistisse por curiosidade.
Incrível ter durado 6 temporadas!
O bom é que gerou um talk-show com a gótica mal-humorada Funérea, já comentado aqui.


Celebrity Deathmatch (2004 a 2008)
Utilizando animação com bonecos de massa, era uma série de luta livre fictícia entre pessoas famosas (umas até ressuscitadas) que competiam até uma matar a outra. Era apresentada e narrada por Johnny Gomez e Nick Diamond.

South Park (1997 em diante)
Passou (e ainda deve passar) na MTV Brasil em 2013. Esse também só sabia por um colega de escola. Criação de Trey Parker e Matt Stone, já foi exibido no extinto canal Locomotion.
Um dos destaques dessa série (que ainda e produzida!), além das críticas ácidas e linguagem bagaceira, era Kenny, um guri de capuz que sempre morria nos episódios.

Rockstar Ghost (2007 a 2008)
Nasi (vocalista do Ira!) dublava sua contraparte desenhada, que agia como um caçador de fantasmas (de músicos) em São Paulo e era auxiliado por Cosme (uma múmia!). Teve só 9 episódios (!) e fazia par com o desenho seguinte...

The Jorges (2007 a 2008)
Assim como a Megaliga, Fudêncio e Rockstar Ghost, esta foi a última criação da Drogaria. Era sobre um trio que formava uma banda decadente, capaz de tudo pra tocar em qualquer lugar. Os integrantes eram: o vocalista doido Fornalha, o baixista sensível Amaury e o baterista esquisito Paradise. Fornalha foi dublado por Jimmy, do Matanza.
Não achava tãão engraçado.
Teve 2 temporadas.

Desert Punk (2004 a 2005)
Produzido pelo estúdio Gonzo e baseado no mangá de Usune Masatoshi, passou a noite na MTV, em 2007.
A história futurista fala sobre o mundo que virou um grande deserto, cujo protagonista é o mercenário taradão Kanta Mizuno, sempre envolvido em várias enrascadas.
Teve 24 episódios, exibidos a noite e chegou na programação antes de...
Afro Samurai (2007)
Baseado no mangá de Takashi Okasaki, o anime (também do Gonzo) teve só 5 episódios... e não 4, como eu pensava! Isso por que não tinham passado o final, o que me deixou furioso!!
Afro era um guerreiro que parte numa busca por vingança pela morte de seu pai e pela bandana Nº 1, que nesse mundo retro futurista simbolizava o status de maior espadachim do planeta.
Não é pra crianças! Passava uma vez por semana, lá por 11 e meia da noite.
A música foi composta por RZA (do grupo Wu-Tang Clan), que também fez as de Kill Bill- Volumes 1 e 2. Também teve um longa, Afro Samurai Resurrection.

Menções honrosas aos desenhos que passaram, mas não assisti
Além de Speed Racer, vejam o que eu só via em anúncios e matérias de revistas variadas:
Liquid Television (1991 a 1994 e 2014)
Série com histórias diferentes e bizarras. Foi daqui que saíram alguns dos personagens populares da animação dentro da MTV. Exemplo? Beavis and Butt-Head!
Já vi dois anúncios diferentes desse desenho em contracapas de gibis da Abril Jovem.

Daria (1997 a 2002)
Série derivada de Beavis and Butt-Head, contava sobre uma estudante adolescente que fazia críticas a respeito de tudo e todos ao seu redor.
Teve 5 temporadas.

The Head (1994)
Depois de ser surpreendido por uma luz, um rapaz acorda no dia seguinte com sua cabeça aumentada e descobre que um ET se alojou dentro dela.
Um amigo meu disse que já assistiu.

The Maxx (1997)
Baseado no anti-herói criado pelo quadrinhista Sam Kieth (Lobo, Wolverine), era sobre um mendigo ajudado por Julie, uma assistente social. Só que em outra dimensão chamada Outback, ele é um andarilho mascarado que combate diversas criaturas e precisa salvar Julie.
Já encontrei um DVD dessa série (mas, não comprei) numa loja de Porto Alegre chamada Ponto Certo (que já fechou há um tempão).


Aeon Flux (1991 a 1995)
A personagem-título é uma agente seminua de uma época futurista, que também tem um caso com seu principal inimigo, Trevor Goodchild. Série derivada de Liquid Television.
Criação de Peter Chung, que depois faria Fantasma 2040, O Robô Sensível (seguimento de Animatrix) e A Fúria de Riddick.
Teve 3 temporadas.

Fontes: Wikipédia (Brasil e EUA), www.perdidosnoplay.com.br e www.f3r.com.br/

3 comentários:

  1. Que droga! Postei um comentário aqui e não vingou. Dizendo de novo: da MTV só vi Speed Racer e Beavis and Butt-Head.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ter sido um bug.

      Só esses? Ah, lógico... já me disse que assistia muito, só no início da MTV.

      Excluir
    2. +Anderson "ANDF" Ferreira, rapaz, tava procurando saber o nome do "the head", pois não sabia, assisti alguns episódios bem bizarro, vlw, bora procurar pra download!

      Excluir